RECEITAS PARA MAMÃES E BEBÊS SATISFEITOS
RECEITAS PARA MAMÃES E BEBÊS SATISFEITOS
RECEITAS PARA MAMÃES E BEBÊS SATISFEITOS
RECEITAS PARA MAMÃES E BEBÊS SATISFEITOS
RECEITAS PARA MAMÃES E BEBÊS SATISFEITOS
RECEITAS PARA MAMÃES E BEBÊS SATISFEITOS

RECEITAS PARA MAMÃES E BEBÊS SATISFEITOS

Preço normal R$ 59,90 R$ 0,00

RECEITAS PARA MAMÃES E BEBÊS SATISFEITOS E o meu filho vai comer o que?

Essa pergunta de pais, normalmente das mães, ansiosos na falta de um guia de como apresentar receitas, quais ingredientes podem fazer parte da alimentação do bebê, com que idade podem fazer algo mais elaborado que não prejudicasse a alimentação do bebê, motivou Cintia Fiori, já uma nutricionista experiente a se aprofundar e mergulhar totalmente no conhecimento ampliado para buscar soluções fáceis e descomplicadas para os envolvidos.

Esta obra traz elaborações culinárias deliciosas, que desmistificam a tradicional papinha, deixando o bebê com mais curiosidade e motivação.

Vou apresentar muitas soluções para apresentar na alimentação do bebê onde a família pode saborear junto. É bem possível que seu bebê seja responsável por uma revolução nutricional. A família toda vai curtir, mais saúde e mais sabor para todos.

 No início da introdução alimentar, entre os seis e os nove meses, seu filho será mais beneficiado com a apresentação dos alimentos em sua forma individual, isto é, apenas frutas, legumes, carboidratos, proteínas, tudo de forma isolada, sem receitas, sem preparações. A intenção é que o bebê tenha a referência de aprendizado do alimento em sua real forma, sentindo cheiro, textura, visualizando formato e cores. Porém, já adianto aqui que, se você tiver um bebê como o meu que desde os 6 meses nunca aceitou receber alimento na colher e sempre teve a prontidão de pegar o alimento com a própria mãozinha e levar até a boca, devemos ajustar o formato introduzindo receitas desde o início nas refeições principais, como por exemplo um hambúrguer de lentilha ou de carne, um croquete de arroz enriquecido com brócolis, uma panqueca verde nutritiva. Por volta dos 9 meses, o bebê pode começar a apresentar uma preferência alimentar, uma tendência natural a determinados alimentos. Nesta fase, receitas podem eventualmente compor o lanche da tarde com a apresentação de uma gama maior de nutrientes, como o bolo de frutas ou waffle de banana, aveia e mirtilo, juntamente com a apresentação das frutas. Depois dos 12 meses, estas receitas podem compor o café da manhã e lanche da tarde do seu bebê, sempre somadas às frutas.




Compartilhe esta produto


Mais desta coleção

160840810594,160213762146,